Khmer Rouge, Killing Fields e Museu do Genocídio

images (3)

De 1975 a 1979 mais de 1.7 milhões de cambojanos morreram sob o regime do Khmer Rouge, que tinha como objetivo criar uma sociedade comunista e completamente agrária. Pessoas consideradas intelectuais foram assassinadas, e até mesmo aqueles que usavam óculos eram condenados a morte.

O governo precisava acabar com qualquer um que fosse suspeito de ser capitalista, e para ter um controle ainda maior, separavam as crianças de seus pais e começavam uma lavagem cerebral pró comunista desde cedo. As crianças eram ensinadas a torturar e usar armas e muitas delas chegavam a por os ensinamentos em prática.

O regime só teve fim quando o Vietnã juntamento um grupo formado principalmente por ex-khmer rouges descontentes invadiram Phnom Penh em 7 de Janeiro de 1979.

174921-cpp.400

Atualmente o primeiro ministro do Camboja é o Hun Sen, um ex participante do Khmer Rouge. Sua foto está presente em todo lugar: casas, restaurantes e hotéis. Vai entender.

Visitar os Kiling Fields foi como caminhar durante a época do Khmer Rouge, e com a ajuda do guia de áudio contando a história do que aconteceu, tudo fica ainda mais real.

IMG_8325

Esse lugar foi usado para executar mais de 1 milhão de pessoas durante o regime, até crianças foram mortas junto com suas mães.

IMG_8377

Essa árvore era usada para matar bebês :'(

Conhecemos também o museu do genocídio Tuol Sleng que era chamado de S-21. Anteriormente o lugar era uma escola secundária, mas a partir de 1975 foi transformado em lugar de interrogatório, aprisionamento e tortura.

 

IMG_8416

Estima-se que entre 1975 e 1979 entre 17 mil a 24 mil pessoas foram levadas ao S21, e tem-se registro de apenas 12 sobreviventes.

IMG_8534

Fotos de pessoas mortas estão nas paredes das salas de tortura, que parecem estar do mesmo jeito que foram deixadas.

IMG_8467

Uma foto era tirada de todos os prisioneiros, e estão agora expostas no museu. É horrível imaginar que todas aquelas pessoas, inclusive crianças, foram mortas de uma forma tão cruel e por um motivo tão estúpido.

IMG_8486

Esse lugar é muito triste, com fotos bem fortes em exposição, vale a pena visitar e conhecer mais sobre essa parte sombria da história do país.

Olá, criei o blog para compartilhar experiências de viagem, atualmente estou viajando pelo sudeste da ásia e tento postar tudo aqui no blog pra vocês. Espero que meus relatos e dicas te ajudem e inspirem a viajar também!

2 comentários sobre “Khmer Rouge, Killing Fields e Museu do Genocídio

  1. Pingback: Os morcegos de Battambang | Elefantes no Céu

  2. jorge

    Muy bueno la nota. Es increíble que seres humanos maten a otro por el solo hecho de….pensar distinto.! que desastre…! y hace muy pocos años…! (no fue en la edad media)…y que extraño que las grandes potencias, que tenían seguramente el conocimiento y la fuerza para terminar esa masacre, hayan permanecido en total silencio, mientras masacraban gente….Seguro que allí, no hay petróleo.!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *