Safari na África do Sul – Quanto custa?

Acredito que fazer um safari deva ser uma das experiências mais procuradas de quem viaja para África do Sul, e com certeza uma das mais divertidas também!! É algo que agrada tanto as crianças como os adultos. E saber quanto custa um Safari na África do Sul é uma curiosidade muito comum.

Luigi encantado com os Leões bem pertinho do carro!

Quando planejei essa viagem fiquei apreensiva do safari ser muito caro, pois pensei que só era possível fazer esse tipo de passeio com uma agência. Mas pesquisando descobri que não, você pode fazer com seu próprio carro.

Exemplo de pacote de Safari, $484 por pessoa :O Fonte: africanbudgetsafaris.com

Confesso que inicialmente fiquei chocada com essa possibilidade, tipo, como assim nós vamos dirigir sozinhos na savana, em meio a animais selvagens? Mas ao chegar lá, tudo se desmistificou, e descobri que esse passeio era super popular entre as famílias sul africanas. Fazer o safari dessa forma pode ser muito mais barato (e divertido) do que pelas agências, especialmente se você está em família/grupo.

Área de churrasco

Então vamos aos fatos e aos valores!!! Quanto custa um safari na África do Sul afinal? Atualizei todos os valores (Jun/2018) e coloquei em dólares americanos e rand. Os valores estão baseados em uma viagem para 3 pessoas (2 adultos e 1 criança), de 3 dias no Parque Kruger (2 noites, 3 dias) e para a época de Dezembro.

  • O Carro

Alugamos por um site sul africano do Brasil e já pegamos o carro no aeroporto de Joanesburgo. Como nossa viagem era de 30 dias, alugamos o carro por mais tempo, o que muda um pouco o valor total, mas fiz uma pesquisa para exemplificar aqui de um aluguel de 4 dias. O valor para 4 dias ficou em $103,00 com o seguro padrão.

 

  • A Gasolina

Fiz o cálculo do consumo da gasolina usando o calculat.org, e fiz uma média do consumo por km do carro mais barato disponível para alugar. Deu 1000 km (ida e volta de Joanesburgo) e o valor calculado foi de $113,00.

  • A Hospedagem

O Kruger é um parque muito grande, então é importante planejar por onde você vai entrar e circular nele. Como estávamos vindo de Joanesburgo e pretendíamos ir depois rumo a Suazilândia, escolhemos dois “Camps” próximos para nos hospedar, o Pretoriuskop rest camp para a primeira noite e o Lower Sabie para a segunda. Pretoriuskop fica a umas 4 horas de Joanesburgo e a distância dele para Lower Sabia é de 2:30, mas demoramos bem mais pra chegar, porque saímos cedo e passamos por vários caminhos até chegar a Lower Sabie.  

Pegamos a acomodação que eles chamam de Hut, que é tipo uma casinha com 2 ou 3 camas, geladeira, fogão, banheiro e cozinha compartilhadas. A casinha era simples mas bem limpa e com tudo que precisávamos para descansar, no lado de fora tinha umas churrasqueiras que o pessoal aproveitava bastante.

O Lower Sabie tem bastante estrutura, com restaurante, lanchonete, mercadinho, posto de gasolina e piscina, já o Pretoriuskop é mais simples.

Pesquisei o valor deste ano (2018) no site: R1586,00 – $117,00 (2 adultos, 1 criança) para 2 noites no Hut.

 

  • As entradas para o Parque

Como estávamos viajando em família e com o objetivo de visitar outros parques nacionais, vimos que valeria a pena comprar o passe anual familiar, o Wild Card.

Cada entrada para o parque custa atualmente:

 

Adulto: R331 –  $24 por dia

Criança: R166 – $12 por dia

 

Total para 3 dias: R2484,00 – $184,00 (2 adultos, 1 criança)

 

Com o Wild Card Família (2 adultos, 5 crianças): R4.585 – $338,00

 

Nós compramos esse Wild Card porque além do Kruger, ainda visitamos o Mlilwane Wildlife Sanctuary na Suazilândia, o Kalahari National Park, Augrabies National Park e o Table Mountain National Park, então acabou valendo bastante a pena!

Total (Hospedagem, Carro, gasolina e entradas): $517,00

 

Dicas:

Comida do restaurante do Kruger

  • Alimentação: É bom fazer compras antes de chegar no parque, em Joanesburgo, porque os mercados do parque não tem muita coisa e são mais caros. É bom se planejar e ter sempre muita água e coisas prontas pra comer no carro, porque geralmente se passa longos períodos na estrada sem passar por nenhum camp. Nos camps geralmente tem lanchonetes e restaurantes mas os preços são fixos, não são baratos, mas também não são abusivamente caros.
  • Gasolina: Acho que quase todos os camps têm postos de gasolina, mas é bom sempre checar e calcular quanto mais ou menos você vai gastar pra não ficar sem gasolina no meio do parque. Como eu já disse, em alguns trajetos você vai passar quilômetros sem nenhuma estrutura. 
  • Passagens aéreas: Nossas passagens custaram R$1089,00 com uma promoção TAAG. Sempre vejo passagens no melhores destinos por uns R$ 1500,00
  • As acomodações e o Wild Card nós reservamos direto no site dos Parques nacionais da África do Sul, o Sans Parks. O site é muito bom, organizado e tem várias informações legais sobre os parques, vale a pena visitar.

 

Esses eram os valores que vocês imaginavam para fazer um safari na África do Sul? Me contem o que vocês acharam do post nos comentários e me segue no instagram para acompanhar as

fotos: @elefantesnoceu

Olá, criei o blog para compartilhar experiências de viagem, atualmente estou viajando pelo sudeste da ásia e tento postar tudo aqui no blog pra vocês. Espero que meus relatos e dicas te ajudem e inspirem a viajar também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *